Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

Luzes vermelhas: dicas, cuidados, manutenção e inspirações

ColoraçãoDicas

Conhecidas por serem uma das opções preferidas das morenas e negras que querem um efeito moderno e poderoso, as luzes vermelhas estão bombando nas redes sociais. Sejam em versões mais claras – como nos tons ruivos naturais, sejam em modelos mais escuros – como em tons fantasias. Portanto, se a ideia é apostar todas as fichas no red hair, aproveite o momento para se inspirar.

Luzes vermelhas – tons ruivos naturais

Se a ideia é um visual mais clássico e delicado, a dica é investir em luzes vermelhas alaranjadas. Conhecido como ginger hair, esse tom mais clarinho é super elegante e pode criar um degradê maravilhoso nos cabelos. Mas atenção: para valorizar e destacar ainda mais o acabamento, o ideal é apostar no clareamento da cor base das madeixas – em que o cabelo castanho escuro fica levemente mais claro.

Luzes vermelhas – tons mais fechados ou fantasias

Agora, para quem tem bastante personalidade e quer radicalizar de vez, o vermelho fantasia ou ruivo mais fechado é a alternativa certa. Essas opções, inclusive, estão entre as preferidas de quem não quer abrir mão da cor castanha da raiz ou até a metade do comprimento dos fios, deixando o tom moreno bem marcante no visual. Atenção: vale lembrar que por ser uma cor pigmentada, os retoques devem ser feitos com mais frequência, ok?!

O tom base e a descoloração

Com os tons já definidos (ruivos naturais, fechados ou fantasias), é hora de verificar se o seu cabelo vai precisar passar pelo processo de descoloração para chegar ao resultado desejado. Para isso, basta analisar seu tom base. Cabelos mais claros podem conseguir um excelente resultado só com a coloração ou tonalizante. Já quem tem o cabelo preto azulado, preto ou castanho escuro normalmente precisa descolorir os fios antes de adotar o ruivo – o que exige cuidados redobrados, já que as madeixas vão passar por dois processos químicos.

Investir no ruivo deve ser uma decisão cuidadosa

Apesar de baphônico, é preciso pensar bem antes de adotar as luzes vermelhas. Isso porque o pigmento ruivo fixa super no fio e dificulta o processo de remoção, caso você resolva mudar de ideia depois e aderir a um loiro, por exemplo.

Dicas de manutenção

Ok, o ruivo fixa bem, mas também é uma cor que desbota com bastante facilidade, logo exige mais manutenção. Por isso, é fundamental investir em uma linha de tratamento com shampoo, condicionador e máscara próprios para cabelos coloridos. Além do que, é importantíssimo manter o cronograma capilar em dia – ajuda a deixar os fios saudáveis, brilhantes e fortes. É válido ainda usar finalizadores com proteção UV para evitar que a cor sofra com os efeitos dos raios solares.

Avalie esse conteúdo
#todecacho

Posts Recentes:

Posts mais acessados