Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Dicas
“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Você é uma daquelas pessoas que sempre quis ter dread ou está considerando a ideia agora, porém, quer conhecer mais sobre sua história e características antes de se aventurar? Então você está no lugar certo! Pois nesse textinho temos informações super bacanas sobre os dreads para você fica por dentro do assunto. Além disso, muitas dicas sobre como fazer, cuidar e tudo mais. Está pronta? Então vamos lá!

Saiba o que é dread

Muitas pessoas acreditam que os dreads nasceram com a religião Rastafari na Jamaica, junto de um dos seus principais ícones, Bob Marley. Embora o cantor e os seguidores do movimento tenham sido sim os responsáveis por disseminar a cultura dos dreads, há registros históricos que apontam a existência dos dreads em comunidades da Africa e Índia mesmo no período Pré-Bíblico.
Nas comunidades africanas ao norte da Namíbia e Angola, afirma-se que o uso do dread vem desde o início de sua cultura e pode ter diversos significados para o seu povo, tal como o estado civil das mulheres ou estética, por exemplo.

Dread na Índia


Na Índia os dreads estão associados a Shiva, um dos deuses do Hinduísmo. Os praticantes dessa espiritualidade vivem uma vida livre de posses materiais e cultivam o uso do dread como uma forma de se libertar espiritualmente. Dessa maneira, deixam seus dreads crescerem de maneira natural e optam por não cortá-los a fim de manter os seus princípios.
Quando prosseguimos na história, chegando finalmente ao Rastafarianismo da década de 30, na Africa, os dreads representam uma maneira de adorar a Haile Selassie, Imperador na Etiópia entre 1930 e 1974, considerado como a ressurreição de Jesus Cristo e, consequentemente, reencarcanação de Deus. Os Rastafáris não cortam os seus dreads, pois os atribuem como adoração ao seu Deus, além de representar a natureza e a força de cada indivíduo.

Dread na Jamaica


Na Jamaica, pós-escravidão na década de 30, os dreads foram incorporados pelos negros ex-escravos como forma de afirmar sua cultura africana na sociedade Americana e Europeia. Posteriormente, apenas nas décadas de 60 e 70 é que o cantor Bob Marley passou a popularizar para todo o mundo a religião Rastafari e o cultivo dos dreads através de sua música no estilo reggae.

Quem pode aderir a esse estilo

Como pudemos observar, o uso dos dreads representa uma forte bagagem cultural, religiosa, de luta e resistência para o povo negro africano, assim como para outras comunidades do oriente. Entretanto, com a disseminação do uso dos dreads e referencias culturais por todo o mundo, o penteado também passou a ser usado como adorno estético. Na prática, todo mundo pode aderir a este estilo de cabelo, mas é sempre importante ter consciência sobre todo o papel que ele representa e toda a história que ele carrega, para que o seu significado não seja desvalorizado.

Tipos de dread

Ao olhar para os dreadlocks, muitas pessoas têm a impressão de que são todos iguais, entretanto, não é bem assim. Existe mais de um tipo de dread e cada um deles é feito de uma maneia diferente. Dá uma olhada para descobrir qual a diferença entre eles.

Dread de cera

É a maneira mais antiga de fazer os dreads. Isso porque antes da descoberta da técnica com a agulha, a cera de abelha era usada para grudar e dar formato ao dread. Por outro lado, é uma maneira de aderir ao penteado que dificulta a limpeza dos dreads, por isso foi entrando em desuso com o passar dos anos, dando lugar ao dread de agulha. Este possui duração indeterminada, ou seja, precisa ser cortado para que se retire.

Dread de agulha

Hoje em dia vista como a forma mais popular e segura de se realizar os dreads. Eles são feitos com o uso de uma agulha de crochê para embaraçar as mechas de cabelo e criar o formato do dread. Penteado também permanente, assim como o de cera.

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Extensão de dread

Muitas pessoas gostariam de ter longos dreads, porém, não querem esperar que os fios cresçam para aderir, tampouco querem realizar dreads curtos. Nesses casos, uma saída é usar aplique de cabelo humano ou sintético para estender o tamanho das suas madeixas e, consequentemente, o tamanho do seu dread. Desta maneira, as mechas de cabelo do aplique são incorporadas ao seu cabelo natural e costuradas com ele para que os dreads fiquem mais compridos. Para cabelo humano não é necessária a manutenção, podendo ser retirado apenas com o corte. No caso de extensão com cabelo sintético a manutenção deve ser feita a cada três meses ou, no máximo, um ano.

Dread de lã

O dread de lã é bastante interessante, pois oferece a possibilidade de optar por um visual mais colorido. Isso porque, como é feito com a lã, tem uma variedade de cores imensa. Além disso, também é legal para quem busca um visual mais temporário, durando por volta de três meses. Para retirar esses dreads também não é preciso cortar o cabelo, como os outros tipos. Ah, e ele também oferece a opção de extensão, ou seja, deixar o resultado maior do que o seu cabelo natural.

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Dread removível

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Esse tipo de dread é para quem quer experimentar o visual sem comprometer os fios com os dreads. Dessa maneira, a pessoa compra dreads “soltos” de profissionais que preparam o dread separadamente e, depois, apenas os “costuram” nos fios de cabelo natural da pessoa. Apenas tome cuidado para que a aplicação não fique com um efeito artificial, por isso conte com um bom profissional.

Como fazer dread

O processo de dredagem vai de acordo com cada técnica escolhida. Confira abaixo como fazer cada um dos dreads que mencionamos acima.

-Dread de cera: os cabelos são embaraçados em formato cilíndrico e “grudados” com o auxílio da cera de abelha.

-Dread de agulha: com um pente de aço e agulha de crochê, o formato tubular dos dreads são criados. Enquanto o pente embaraça os fios, a agulha os costura para que ganhem a forma que todos conhecemos.

-Extensão de dread: coloca-se mechas de cabelo humano ou sintético junto com o cabelo natural da pessoa para que os dreads fiquem mais longos e então são dredados. Lembre-se do que falamos anteriormente: as extensões com cabelo sintético devem passar por manutenção, no mínimo, anualmente. Essas também tem aspecto mais artificial do que as extensões feitas com cabelo humano.

-Dread de lã: usando tiras de lã, duas mechas de cabelo devem ser trançadas com uma mecha dessas tiras. Depois de trançar todo o cabelo com a lã é hora de passar essas tiras em volta de cada uma das tranças para cobri-las, criando o formato cilíndrico do dread.

-Dread removível: pode ser feito com cabelo humano, sintético ou lã. Cada dread é feito da mesma maneira que explicamos anteriormente por aqui, com a única diferença de que não são feitos na cabeça da pessoa e sim separadamente para que, depois, sejam aplicados.

Dread com cabelo curto funciona sim

Lembra que dissemos que muitas pessoas optam pelas extensões de dread com cabelo humano ou sintético? Algumas fazem essa escolha simplesmente porque não gostam da estética do dread mais curtinho, entretanto, muitas outras tomam essa decisão ou deixar de fazer, pois acreditam ser impossível realizar dreads com o cabelo curto e isso não é verdade. Para dreads com cabelos naturais é preciso que as suas madeixas tenham o tamanho mínimo de 15 centímetros. Com isso já é possível apostar no modelo curto do penteado e ele fica tão estiloso e incrível quanto os longos. No caso dos dreads de lã, você precisa ter apenas cinco cm de cabelo natural crescido para se jogar no dreadlock. Eba!

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Dread colorido

Dreads coloridos também são uma opção cheia de estilo próprio para você aderir ao penteado. Confira abaixo como!

-Dread colorido de cabelo natural: é necessário descolorir os fios para que alcacem a cor desejada, caso não sejam naturalmente claro. Portanto, você pode descolorir os fios soltos antes ou os dreads prontos depois, fica a sua escolha. Para tons de loiro e ruivo bem claros ou cores fantasia, é importante descolorir bem, para que cheguem a uma tonalidade igual ou maior que 10.0. Apenas dessa maneira a pigmentação consegue se agarrar ao fio.

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

-Dread colorido de cabelo sintético: como não é possível descolorir ou colorir fios sintéticos, é preciso que você os compre já na cor desejada para que os dreads sejam feitos com eles já dessa maneira.

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

-Dread colorido de lã: para esse modelo, basta escolher a cor de lã que você deseja no seu cabelo e realizar a dredagem. O mais legal desse tipo de dread em termos de cor é que você pode sempre trocar com facilidade.

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Veja como lavar o cabelo com dread em casa

Uma das maiores preocupações das pessoas que pensam em aderir ao dread é quanto à higienização. Confira como lavar os seus adequadamente.
-Lavar os dreads por volta de uma a duas vezes por semana.
-Usar sempre água morta ou fria na higienização.
-Prefira shampoos de limpeza profunda.
-Massageie o couro cabeludo com delicadeza na hora da aplicação do shampoo e espalhe a espuma pelo comprimento.
-Nunca aplique condicionador ou máscara de tratamento diretamente no couro cabeludo, apenas no comprimento.
-Lembre-se de sempre enxaguar muito bem qualquer produto aplicado.
-É essencial secar os dreads muito bem depois da lavagem com toalha e secador, de preferência.

Cuidados com os dreads

Outros pequenos cuidados são necessários para manter os dreads sempre saudáveis e bonitos. Dá uma olhadinha!
-Prefira lavar os dreads pela manhã para que eles tenham o resto do dia para secar muito bem.
-Não deixe o secador muito perto do couro cabeludo durante a secagem e use a temperatura média
-Jamais durma com os dreads úmidos ou molhados.
-Nunca esfregue o couro cabeludo com força, pois machuca a região, além de desfazer os dreads.
-Leve a sério tempo de manutenção para cada tipo de dread que indicamos nessa matéria.
-Não mergulhar em mar ou piscina com os dreads antes de um período de quatro semanas após a aplicação.
-Sempre higienizar muito bem os dreads depois de nadar.

3 penteados com dread que você vai amar

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

-Coque torcido: separe seus dreads em três partes e puxe-os para trás fazendo coques. Junte todos os três coques pelas pontas, formando uma meia lua e prenda. Depois é só esconder as pontinhas dentro do próprio penteado

-Coque samurai: reserve dois dreads da parte da frente ou mais se achar necessário. Traga todos os outros dreads para o alto da cabeça como se fosse prender um rabo de cavalo, porém, deixe suas pontas viradinhas para dentro, com aquele formato de coque samurai. Use os dreads que você separou no começo para enrolar o penteado e fixá-lo.

-Coque alto coroa: separe novamente aqueles dreads para prender. Depois faça um coque bem alto e imponente no topo da cabeça, enrolando os dreads em seu próprio eixo, no formato de rosquinha. Por fim é só amarrar com os dreads que você reservou.

Acessórios para dread

Uma das coisas mais legais do visual com dread é poder apostar em acessórios que ficam incríveis com os dreads, entre eles os anéis, que podem ser de madeira, plástico ou metal. Basta enfiar no dread empurrando pela ponta. As bandanas com dreads ficam mega estilosas também, uma maneira de usá-las é dobrando em triângulo e amarrando de baixo para cima. Os lenços também podem ser amarrados em tiras no topo da cabeça com os dreads soltos ou em coque. Outra ideia é colocar penduricalhos, amarrar joias ou até mesmo flores nos dreads, tudo vai depender do seu estilo.

“Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

2 ideias de cortes para usar com dread

-Moicano ou sidecut: tanto o moicano quanto o sidecut são raspados nas laterais. Para o moicano, o mais indicado são os dreads mais curtinhos que podem ficar levantados para o alto, no topo da cabeça, e não caem com o próprio peso. Já para os longos, o sidecut é uma boa, pois é possível jogar os dreads para um lado ou para o outro, expondo a lateral raspada escolhida.

-Undercut: esse corte raspa a parte da nuca e, portanto, fica muito legal com os dreads e um penteado estiloso, como o corte samurai. Assim a parte raspada fica a mostra.

Inspirações com dread feminino

Confira os dreads femininos abaixo para você se inspirar!

  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Imagens de dread masculino

Os dreads masculinos também são super estiloso, se liga!

  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir
  • “Também quero ter dread!”: entenda sobre o significado do penteado e saiba como aderir

Pronto, agora com toda essa informação você pode finalmente realizar o seu sonho de ter dread! Se curtiu a matéria, veja também tudo sobre cabelo black power e box braids, é só soltar os cliques!

#todecacho

Posts Recentes:

Posts mais acessados