Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

Ombré hair em cabelo curto: tudo para quem deseja aderir a técnica nos fios curtinhos

Cabelos CurtosCortes de cabeloDicas

Não é de hoje que o ombré hair faz o maior sucesso entre a mulherada. A técnica que tem como característica as pontas mais claras, é perfeita para quem quer mudar o visual sem exagerar demais ou que quer algo mais iluminado, bonito e moderno. E se você acha que só porque tem os fios curtinhos não pode aderir ao look, está muito enganada. Dá, sim, para fazer ombré hair em cabelo curto. Quer saber como? Veja as dicas abaixo.

Avalie o comprimento do cabelo

Atenção: quanto mais curto for o cabelo, mais cuidado é preciso ter já que é mais difícil separar o que é ponta do que é, efetivamente, comprimento, ok?! Geralmente os fios curtos na altura da orelha ou até quase os ombros não sofrem nenhum “problema” quanto à realização do ombré hair. Somente o corte estilo pixie ou joãozinho quando estão muito batidinhos tendem a impedir o efeito da técnica.

Acerte na altura do ombré

Agora que você já sabe a altura do comprimento, é hora de acertar na altura da técnica. Essa dica é muito importante porque, caso você erre na altura da técnica, o resultado pode ser totalmente loiro, por exemplo. No geral, é interessante concentrar a parte mais clara bem nas pontas, em uma altura de aproximadamente dois dedos. Na parte mais para cima, podem ser feitas algumas mechas – até a altura da orelha, mais ou menos. Além disso, invista em sempre mechas finíssimas para dar um aspecto mais natural e evitar a manutenção frequente de raiz no salão.

Escolha o tom certo

Sem sombra de dúvidas, o ombré hair loiro é o preferido das mulheres. Ele é muito utilizado por quem tem os fios pretos ou castanhos para deixar o visual mais leve e iluminado. As já loiras, podem investir em tons mais claros ainda, como os cabelos com luzes platinadas ou peroladas. Há também quem prefira inovar e adotar o ombré hair ruivo, feito em tons de vermelho ou laranja.

Capriche nos cuidados

Independente da química escolhida, seja com descolorante ou coloração, é importante manter os cuidados em dia. Por isso, anota aí:

  • Invista em um cronograma capilar: ele é composto pelas etapas de hidratação, nutrição e reconstrução, e tem como objetivo repor água, lipídeos e queratina aos fios;
  • Evite água quente: ela é inimiga número 1 dos cabelos e contribui para o ressecamento dos fios. Prefira sempre água morna ou fria;
  • Use produtos com proteção UV: ajudam a manter a cor por mais tempo.
#todecacho

Posts Recentes:

Posts mais acessados