Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

6 coisas que ninguém te falou sobre transição capilar, mas que fazem a maior diferença

6 coisas que ninguém te falou sobre transição capilar, mas que fazem a maior diferença

6 coisas que ninguém te falou sobre transição capilar, mas que fazem a maior diferença
Uma pessoa que passou ou está passando pela transição capilar sabe muito bem que não se trata de um período fácil. Pensando nisso, há alguns conselhos que você tivesse escutado lá atrás na época da sua transição teriam feito tanta diferença na sua vida, não é mesmo!? Relembre quais são e se você está passando por ela agora, leia com atenção, pois vão ajudar e muito!

Os dias difíceis são passageiros

Durante a transição, tem dias em que você pode acordar com a autoestima lá embaixo, as diferentes texturas no cabelo não colaboram, a texturização não fica legal, alguém solta uma piadinha sem graça e tudo isso parece um sofrimento sem fim, mas não é. Nesses dias respire fundo e lembre-se quantas vezes forem necessárias que a transição capilar é apenas uma fase e dias ruins como esse vão passar.

Comentários maldosos e perguntas inadequadas vão surgir, mas não se deixe abater

Muitas pessoas vão ficar curiosas sobre o processo que está acontecendo com o seu cabelo. Algumas vão fazer perguntas na maior inocência, outras vão querer se intrometer na sua vida e hostilizar as suas escolhas. De qualquer maneira, não deixe que essas influências causem impacto na sua decisão, siga em frente e focada. Não se esqueça de que a pessoa mais importante da sua vida é você, o que importa é o que você quer e o que te faz bem. Tente também ter paciência, muitas pessoas são desagradáveis simplesmente porque não sabem do que estão falando. Tente explicar sobre o seu processo de transição, compartilhe conhecimento e empatia.

Não comece a transição com a expectativa de agradar os outros, faça por você mesma

Comparado com anos atrás, felizmente, nos dias de hoje está mais fácil assumir os cabelos cacheados ou crespos. Isso porque muitas pessoas compartilham suas experiências com o mundo e uma vai encorajando a outra a resistir, a amar e respeitar seus fios naturais, a se assumir como é. Entretanto, cuidado! Não entre na transição esperando a aprovação dos outros, pois você pode se frustrar no meio do caminho. Faça isso apenas por você mesma e os resultados serão muito mais recompensadores. Quem aprende a se amar, não volta atrás.

Leve a transição como um período para se conhecer melhor

Como é um período de descobertas e de se reinventar, a transição capilar é o melhor momento para você conhecer a si mesma. Ou seja, descobrir de que jeito gosta de usar o cabelo, que tipos de penteado sente que combinam com você ou que acessórios fazem parte do seu estilo. Entender também sobre os seus limites, sua força, sua paciência… Quanto mais você conhece sobre si, mas verdadeira e bela se torna.

Não compare o seu cabelo com o de outras pessoas

Passar pela transição com a expectativa de se tornar essa ou aquela pessoa também pode ser uma maneira de auto sabotagem. Isso porque se, depois da transição, o seu cabelo não ficar igual ao daquela menina que você se inspira você vai se frustrar, não é mesmo!? Você pode ter pessoas para se inspirar e motivar, mas nunca tente se tornar uma versão delas. Mantenha o foco em se tornar a melhor você de você mesma e se abra para a possibilidade de lindas surpresas.

Aprenda a cuidar de você por dentro e por fora

O período de transição é aquele em que você trata do cabelo como nunca, investe em penteados, texturizações, acessórios, maquiagens… E todos esses pequenos cuidados fazem com que você aprenda a se amar ainda mais. Além disso, é preciso cuidar por dentro, olhar para si com carinho, aceitar suas falhas, enxergar suas qualidades e tudo isso que faz com que você se torne uma mulher forte, realizada, feliz e independente.

E aí, preparada para a transição capilar? Ou já passou por ela e gostaria de ter escutado isso tudo de alguém durante a sua? Compartilhe com as amigas!

Posts Recentes:

Posts mais acessados