Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

A Miss São Paulo 2016 e sua importância na aceitação e valorização da Mulher Negra

Cabelos CacheadosConhecimentoDepoimentos

A Miss São Paulo 2016 e sua importância na aceitação e valorização da Mulher Negra

 

No dia 25 de julho, comemoramos o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, data que marca a luta e resistência da mulher negra, contra vários fatores como racismo, opressão e violência. E quando paramos para analisar a situação da mulher na sociedade, podemos perceber a nítida mudança que vem ocorrendo positivamente e os espaços que estamos conseguindo ocupar através de muita resistência e luta. Atualmente, nos tornamos mais empoderadas, e temos ocupado espaços na sociedade, aonde, antes jamais tínhamos ocupado, não só no Brasil mas, em todo o mundo.

Prova disso, foi quando recentemente, no dia 28 de Maio do ano de 2016, eu vi o significado da palavra REPRESENTATIVIDADE se tornar empírica, Sabrina de Paiva, a Miss Caconde, foi anunciada a vencedora do Miss São Paulo 2016.  Mas, Rose o que tem demais nisso? Todo ano o Brasil elege uma Miss… O que tem demais nisso, é que ela não é apenas uma miss, ela é uma mulher negra de cabelo crespo!! Ela é como eu e muitas mulheres brasileiras.

Desde que comecei a pensar na aceitação da mulher negra e na representatividade que temos  na mídia, a primeira coisa que vinha e vem na minha cabeça é: ” Nós mulheres negras e crespas, não somos representadas!”. Mas, porque será que isso acontece?! A mulher negra, nunca foi aceita como padrão na nossa sociedade Brasileira. O nosso padrão sempre foi Europeu, e até hoje realmente gostamos do que vem do exterior e não valorizamos culturalmente nas mídias, a beleza da mulher brasileira que em sua maioria são negras, e que atualmente andam libertando o seu cabelo crespo/cacheado, dos alisamentos e progressivas e assumindo o que tem de mais belo.

Atualmente, a mulher tem começado a se aceitar não só fisicamente como culturalmente, se tornando cada vez mais empoderadas e ocupando os seus espaços na sociedade patriarcal que nos encontramos. A vitória de uma miss negra, foi a vitória de várias mulheres brasileiras que se sentiram representada pela mesma, e perceberam que também podem ocupar espaços assim como a Sabrina.
Enfim, creio que essa vitória da miss fortaleceu ainda mais o movimento da valorização da mulher negra. É legal saber, que nossas crianças podem se ver ao ligar a TV, e se achar bonita, gostar do seu cabelo, de seus traços… Pois quando, fortalecemos a mente de uma criança que se sente representada, ela consequentemente será uma mulher ou um homem que lutará também pelo seu espaço e que não deixará seus sonhos serem abafados pela falta de aceitação social. Todos nós somos miss, somos perfeitos e com traços únicos que nos tornam incrível, o nosso cabelo crespo resplende a nossa majestade de sermos filhos da Mãe Africa.

Que neste, dia 25 de julho nós mulheres não venhamos apenas comemorar como dia da mulher negra, mas que todos os dias do ano venhamos fortalecer os laços de solidariedade, tendo mais empatia uma com as outras… construindo e reconstruindo laços, pois quando nos unimos o nosso grito ecoa mais forte, com isso temos uma base maior para reivindicarmos espaços, conquistas e direitos.

Feliz dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha!! Não sou mulher, sou  MULHERES!
Beijos e Fiquem com Deus!!

 

Rose Hapuque

Canal Rose Hapuque

Posts Recentes:

Posts mais acessados