Sabe de Tudo - O Blog da #ToDeCacho

Frizz: vilão ou aliado?

Frizz: vilão ou aliado?

Oi, gente! Hoje o assunto é FRIZZ! Vamos descobrir, juntas, como controlá-lo ou usá-lo ao nosso favor. Mas, como assim? Calma que eu explico!

A primeira coisa que devemos saber é: o frizz não é um problema e, sim, uma característica do nosso cabelo crespo/cacheado/ondulado! Por muitos anos ele era encarado somente como um “vilão”, fazendo com que muitas meninas tivessem um conflito terrível com seus cabelos. Hoje entendemos que o frizz não tira a beleza das nossas madeixas. Pelo contrário, pode até dar um charme a mais e a auxiliar no volume – que eu, particularmente, amo também.

O que acontece é que existem alguns fatores que aumentam o frizz dos nossos cabelos, como clima chuvoso, vento, falta de tratamentos e cuidados, excesso de química, secador, chapinha, enfim… Esses fatores podem, sim, aumentar o frizz. E sei também que algumas meninas não sabem como lidar com isso e buscam dicas para ajudá-las, pois bem, estamos aqui pra isso! 🙂

Existem cacheadas e crespas que preferem usar o cabelo com volumão, já outras, preferem definição, não é mesmo? E ambas as formas de usar são lindas! Mas as 15 dicas de hoje serão mais voltadas para quem gosta de definição e, consequentemente, menos frizz. Então vamos pras dicas!

1. Aceitar

Quando aceitei meu cabelo natural e passei pela transição capilar, eu tive que aceitar também todas as características dele. Entender que um cabelo crespo, cacheado, ondulado é totalmente diferente de um cabelo liso. Ou seja, tem frizz, e é normal!

2. Cuidar e tratar

Não adianta só caprichar na finalização: se o cabelo não tiver realmente tratado, o frizz em excesso vai aparecer. Mas como seria um frizz em excesso? Quando o cabelo está extremamente poroso, ressecado, com pontas duplas, etc… os fios acabam arrepiando mesmo. Por isso, cuide realmente dos fios: faça tratamentos, use uma máscara power, turbine receitinhas caseiras, faça um cronograma capilar, tenha paciência e muito amor!

3. Lavar o cabelo na água fria

Sim, essa é das antigas e é real: a água quente dá mais frizz. Sabemos que a alta temperatura do banho não faz bem de forma alguma pro cabelo. Então, uma boa dica é lavar no tanque. Ou então, aproveite pra tomar um banho gelado mesmo – ele fará bem não só para os fios, vai te dar aquela “acordada” e te deixar mais motivada durante o dia, haha.

4. Não secar com toalha e, sim, com camiseta de algodão ou papel toalha

Geralmente as toalhas são mais “felpudinhas”, por isso pegue um tecido de algodão, pode ser uma camiseta ou um papel toalha para secar os cabelos.

5. Usar cremes de pentear consistentes e com mais óleos

Escolha um creme de pentear que não seja tão levinho e que deixe seu cabelo com menos volume (caso você goste), isso também vai dar uma reduzida no frizz.

6. Fazer uma finalização mais estruturada

Sabe aquela finalização mais detalhada e que dura vários day afters? Geralmente, de início, ela é a que dá menos frizz, pois você dá mais atenção pras mechinhas. A dica é fazer fitagem ou dedoliss.

7. Deixar secar naturalmente

Não use o secador e espere o cabelo secar naturalmente. Como o cabelo ficará mais “parado” enquanto seca, a tendência é que dê menos frizz. O secador muitas vezes acaba estimulando-o.

8. Se precisar usar secador, seque com difusor ou peneira

O difusor e a peneira ajudam a secar o seu cabelo com secador, mas de forma que os fios não se “chacoalhem” tanto.

9. Dormir com coque abacaxi

Quando dormimos de cabelo solto, é fato: os fios se movimentam muito mais, o que, além do frizz, podem surgir alguns nós de fada. A dica é prender num rabo abacaxi bem frouxo.

10. Fronha ou touca de cetim

A fronha de algodão rouba a umidade do fio, já o cetim não, e ainda faz com que o cabelo deslize melhor sobre o tecido e não fique tão embaraçado. Vale usar uma touca de cetim também.

11. Aplicar óleo vegetal na hora de dormir

Não, não é umectação! São só algumas gotinhas de óleo do comprimento do cabelo até as pontas para dar mais brilho e, consequentemente, uma reduzida de leve no frizz. Durante a noite, o cabelo “sugará” todo o óleo. Eu amo!

12. Revitalizar com ativador de cachos ou gel no day after

Tá de day after e quer dar um up no cabelo? A dica é borrifar um pouco de água e, logo em seguida, um ativador de cachos ou gel. Vá espalhando, massageando e amassando os fios com as mãos e verás que o cabelo já é outro!

13. Fazer dedoliss no day after

Ajuda a revitalizar os cachos que já desmancharam ou que estão com bastante frizz.

14. Aplicar óleo reparador de pontas

A função deles é formar uma capa brilhosa no fio para reduzir um pouco do frizz e dar mais brilho aos fios.

15. Evitar ficar passando a mão no cabelo toda hora pra tentar abaixar o frizz

O atrito da sua mão com o cabelo só vai gerar mais frizz! Geralmente, essa atitude esconde uma insegurança com o próprio cabelo e eu te digo: desencane! Use o frizz ao seu favor, não encare ele como um problema, e entenda que cada cabelo tem suas características, que fazem dele ÚNICO!

Pra você se inspirar:

  • Frizz: vilão ou aliado?
  • Frizz: vilão ou aliado?

Um super beijo, fiquem com Deus e até a próxima!

Posts Recentes:

Posts mais acessados